Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/24321
Título: Estudo da viabilidade do reúso da água rejeitada pelo sistema de osmose reversa em um serviço de hemodiálise
Autor(es): Lopes, Cristianne Maia
Palavras-chave: Reuso;Osmose reversa;Hemodiálise;Água de rejeito
Data do documento: 21-Set-2017
Citação: LOPES, Cristianne Maia. Estudo da viabilidade do reúso da água rejeitada pelo sistema de osmose reversa em um serviço de hemodiálise. 2017. 94f. Dissertação (Mestrado Profissional em Gestão de Processos Institucionais) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Resumo: The water crisis is now a real problem that affect millions of people and has placed the water at the center of great discussions and conflicts around the world. It is well known the growing concern about the preservation of this resource that is essential for the emergence of life and especially its maintenance. A United Nations (UN) report published in march 2015 states that if nothing is done, the world's water reserves can be reduced by 40 percent until 2030, in view of this, there is an urgent need to improve the management of this resource to ensure supply to the world's population. In hemodialysis, water plays a key role because it is through the reverse osmosis treatment process that the degree of purity required for dialysis is achieved, however, this process wastes a lot of water generating unnecessary expenses and damages to the environment. This study is a descriptive and analytical research of a quantitative and qualitative approach whose main objective was to verify the viability of the reuse of the water rejected by the reverse osmosis treatment process in the hemodialysis sector of the Onofre Lopes University Hospital, based in Natal, state of Rio Grande do Norte. For such purpose, it was necessary to measure the amount of water discarded in a period of 30 days and to perform the physical-chemical and microbiological analysis of this water, to confirm the practicability of the reuse. Has been verified that the average of the discarded waste volume was 910, 4 liters per day and the results of the analysis of the water, from the microbiological point of view as well as physical-chemical, were satisfactory for water classification in several procedures of reuse perfectly achieving the four classes suggested by NBR 13969/97. The results of the study certainly will be useful to assist hospital management regarding the sustainable use of water resources, as well as their better reutilization and will also serve as a stimulus and database for future research.
metadata.dc.description.resumo: A crise hídrica é hoje um problema real que atinge milhões de pessoas e que tem colocado a água como centro de grandes discussões e conflitos em todo o mundo e, é notória a crescente preocupação com a preservação deste recurso que é essencial para o surgimento da vida e principalmente à manutenção dela. Um relatório da Organização das Nações Unidas (ONU) publicado em março de 2015 afirma que, se nada for feito, as reservas hídricas do mundo podem encolher 40% até 2030, diante disto, é preciso melhorar urgentemente a gestão deste recurso para garantir o abastecimento da população mundial. Na hemodiálise, a água exerce papel primordial, pois é através do processo de tratamento por osmose reversa que é alcançado o grau de pureza necessário ao tratamento dialítico, entretanto, este processo desperdiça água em demasia, gerando gastos desnecessários e danos ao meio ambiente. Este estudo trata-se de uma pesquisa descritiva de abordagem quantitativa que teve como objetivo principal, verificar a viabilidade do reaproveitamento da água rejeitada pelo processo de tratamento por osmose reversa no setor de hemodiálise do hospital universitário Onofre Lopes - Natal-RN e para tanto foi necessário medir a quantidade de água descartada num período de 30 dias e fazer a análise físico-química e microbiológica dessa água, para confirmar a praticabilidade do reuso. Verificou-se que a média do volume de rejeito descartado foi de 910, 4 litros por dia e os resultados das análises da água, tanto do ponto de vista microbiológico quanto físico-químico, mostraram-se satisfatórios para classificação da água em vários procedimentos de reuso, atendendo perfeitamente às quatro classes sugeridas pela NBR 13969/97. Os resultados do estudo certamente serão úteis para auxiliar a gestão hospitalar no que tange ao uso sustentável dos recursos hídricos, bem como ao seu melhor reaproveitamento e, servirá também como estímulo e base de dados para uma futuras pesquisas.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/24321
Aparece nas coleções:PPGGPI - Mestrado Profissional em Gestão de Processos Institucionais

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CristianneMaiaLopes_DISSERT.pdf4,7 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.